novos usos

 

Refere-se à identificação e implementação de propostas para a conversão de espaços ou áreas previamente destinadas a uma finalidade específica mas que se encontram ociosas ou subutilizadas. Por exemplo: mudança de função de uma brinquedoteca que se converte em academia; ou portaria que é convertida em local de recepção de compras, etc.

espaço pet

O chamado “espaço PET” designa um ambiente adequado para que animais de estimação,  como cães e gatos, possam se exercitar, interagir com outros animais e realizar suas funções metabólicas.

aplicabilidade em condomínios
A adequação de uma área do espaço para receber um “espaço PET” deve idealmente conter: instalação de cerca para delimitação do espaço, dispenser de sacolas biodegradáveis para coleta das fezes, coletores para os dejetos, ponto de água para limpeza de urina,banco para descanso dos moradores, área de circuito para brincadeiras e agilidade. É importante ressaltar que a implementação de um “espaço PET” deve ser validada em consulta à comunidade de moradores e ser aprovada em assembléia. Os custos devem ser previamente apresentados e as regras de uso devem ser elaboradas de forma participativa.
benefícios
1 - Bem-estar dos animais de estimação. 2 - Redução da sujeira nos espaços comuns. 3 - Os espaços pet promovem a interação social entre os moradores que possuem animais de estimação. 4 - Pode ser um diferencial na escolha de um condomínio para moradores que possuem PET.
View